Tailândia – As secretas ilhas paradisíacas

Oii, gente!!

Nos últimos 04 (quatro) anos a Tailândia vem sendo um dos destinos mais procurados pelos turistas, seja um grupos de amigos em busca de diversão e belas praias, ou de casais em lua de mel almejando o sossego dos resorts e as mesmas praias tailandesas de tirar o fôlego.

Fato é, o litoral tailandês é muito bonito, econômico, exótico e atrativo, são centenas de ilhas para serem exploradas no Golfo da Tailândia, no Mar de Andamão. 

Há os chamados “Grupos de Ilhas”, concentração de grandes e pequenas ilhas, elas são: Phang Nga Bay com 67 (sessenta e sete) ilhas pequenas, o Parque Nacional de Ko Chang Mu com 52 (cinquenta e duas) ilhas, Parque Nacional Marinho Tarutao e suas 51 (cinquenta e uma) ilhas, e o Parque Nacional Mu Ko Ang Thong abrigando 42 (quarenta e duas) ilhas tailandesas.

São inúmeras ilhas (“Koh” em tailandês) para decidir conhecer na grande Tailândia, e por isso separamos 03 (três) ilhas diferentes e bem atrativas para tornar a viagem para esse país asiático ainda melhor!! Deixamos a famosa Koh Phi Phi de fora por ser um clássico tailandês e queremos apresentar outras belezas locais.

Phuket

A segunda maior ilha da Tailândia, Phuket fica no Sul do país. Possui o terceiro aeroporto tailandês mais movimentado, operando voos direitos da capital tailandesa, Bangkok para a ilha.

A melhor época para conhecer a cidade é entre os meses de novembro a maio, de junho a Outubro a quantidade de chuvas e monções é bem maior.

Phuket tem uma boa vida noturna, muitos bares e baladas na avenida principal. A Old Phuket Town possui casarões antigo e coloridos, vale a visita Em relação as praias, Phuket não tem grandes vantagens, apenas as praias de Surin e Naithon merecem visita.

Em busca da religiosidade, o Grande Buda é imperdível, localizado no topo de um monte, além do ar religioso, a vista para a ilha é incrível!!

A vantagem de Phuket é usar a ilha como base para as demais ilhas da Tailândia, podendo fazer muitos “bate-volta”, o que economiza em hospedagem.

Koh Samui

Templos belos e praias paradisíacas fazem de Koh Sumui um destino “tailandês raiz”, localizado no Golfo da Tailândia, próximo da costa leste de Istmo de Kra.

Melhor época é entre fevereiro e abril, clima seco, outubro e dezembro são períodos chuvosos, nos outros meses chove todos os dias, mesmo rápido, mas o suficiente para estragar o passeio.

Os templos de destaque são o Big Budha, Wat Plai Laem e Wat Laem Suwannara.

As melhores praias são: Bophut Beach (praia calma e sem ondas, a areia não é branquinha mas também não tem pedras); Lamai Beach (agitado para banho e com muitas rochas ao longo da praia); Ban Tai Beach (praia calma ideal para prática de SUP e caiaque); Chaweng Beach (com festas); Lipa Noi Beach (outra bela praia tranquila); Silver Beach e Maenam Beach.

Grandmother’s e Grandfather’s é um lugar bonito com rochas enormes e muitos bares, lojinhas e restaurantes no entorno. Fisherman’s Village Bophut é a antiga e tradicional vila de pescadores bem movimentada o tempo todo, há lojinhas, mercados, bares e restaurantes em um dos pontos mais movimentados da praia de Bophut.

Koh Lipe

Essa minúscula ilha tailandesa não fica a desejar na hora de conquistar os turistas. E o melhor, quem deseja um local “secreto” essa ilha é a pedida, está fora da rota de muitos turistas, sendo 03 (três) noites o suficiente para conhecer toda a ilha!!

A melhor época para visitar é entre novembro e maio, sendo a alta temporada entre dezembro e março, demais meses do ano chove bastante. Fique atento!!

Koh Lipe é perto de Koh Phi Phi (04 horas de viagem) e Krabi (04 horas e mais de viagem) está fora da rota de muitos turistas!!

As praias mais legais são: Patai Galah Beach, Sunrise e Sunset

Quando a noite cai, o ponto de encontro é o Walking Street, uma rua cheia de lojinhas, pubs, restaurantes e cafeterias.

Gostaram? Deixe comentários, vamos adorar saber.
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos foram retiradas da internet.