Edimburgo e suas melhores atrações

Edimburgo (se pronuncia “Edinbrá”!!), capital da Escócia com traços bem diferentes de outras capitais europeias, por ter um ar bucólico, calmo, povo gentil, enfim, um destino deslumbrante com o Castelo de Edimburgo no ponto mais alto da cidade e o rio Water of Leith nas encostas.

Edimburgo é florida, muito bem cuidada, e é dividida entre “Old Town” e “New Town”. Mesmo sendo chamada de “New Town”, a parte nova da cidade teve seus primeiros traços desenhados em 1765. A capital escocesa é uma cidade planejada e Patrimônio da UNESCO por seu planejamento urbano muito bem aplicado, são ruas e casa entremeadas com praças, estátuas, e mais espaços verdes.

Auld Reekie“ (Chaminé antiga, em português) é um dos apelidos de Edimburgo, devido a grande quantidade de chaminés nos telhados das casa em estilo gregoriano.

A vida cultural e noturna em Edimburgo também é movimentada, muitos museus oferecem entrada gratuita e vários pubs para happy hour e degustação do original whisky.

Princes Street Gardens

Localizado na “fronteira” entre a Old Town e New Town, possui dois lados (Leste e Oeste), além de ser um jardim grande, ainda possui uma bela vista para o Castelo de Edimburgo, que fica coladinho com o Princess Street Garden. Local ideal para descansar e contemplar a rotina dos escoceses.

Real Jardim Botânico de Edimburgo (Royal Botanic Garden)

Inaugurada em 1670 por dois médicos para a conservação de plantas medicinais, o Jardim Bot6anico estava localizado no Parque Holyrood e em 1820 foi transferido para o atual endereço para garantir que as plantas estivessem longe da poluição da cidade. O Jardim Botânico é dividido pelo tipo de vegetação, as que fazem mais sucesso são: Jardim Chinês, o Jardim Comemorativo da Rainha Mãe, o Jardim Arvorado e o Jardim da Roca. As estufas (Glasshouses) abrigam mais de 2.000 plantas, é a única ala paga do jardim (adulto £5,50; estudante £4,50).

Parque Holyrood

Maior parque de Edimburgo com lagos, colinas, animais e muito verde. As grandes atrações do parque são o “Arthur’s Seat“, um antigo vulcão localizado no ponto mais alto (251 metros) de Edimburgo e o “Salisbury Crags”, falésia de 46 metros. Por ser integrante do Palácio Holyrood, recebeu a alcunha de “Parque da Rainha”.

Museu Nacional da Escócia (National Museum of Scotland)

Principal museu da Escócia e mais visitado que o Castelo de Edimburgo. Está distribuído em dois prédios (National Museum e Royal Museum), apresentando artefatos que contam a história do país, cultura e tradições do Reino Unido. Cada andar apresenta uma temática diferente: Primeiros habitantes, Reino da Escócia, A transformação da Escócia, Indústria e Império, Uma nação em processo de mudança e o Rooftop.

É nesse museu que podemos observar o clone da ovelha Dolly. Possui entrada gratuita.

Catedral de São Egidio (St. Giles Cathedral)

Construída em homenagem ao primeiro padroeiro da cidade, São Egidio. É o principal centro religioso dos presbiterianos de Edimburgo. Os vitrais, cúpula, Thistle Chapel e a sede do Knights of the Order of the Thistle (a maior honraria da Escócia e segunda maior do Reino Unido) são as grandes atrações da Cathedral. Está localizada na parte Old Town da cidade. Entrada gratuita.

Castelo de Edimburgo

Erguido no século XII, o Castelo de Edimburgo é orgulho e símbolo nacional escocês. Antiga fortaleza é hoje o segundo ponto turística mais visitado do país.

No seu interior típica de arquitetura típica medieval podemos encontrar as jóias da Coroa escocesa (a coroa, a espada e o cedro), além da Capela de Santa Margarida, as prisões militares, a Mons Meg (bala de pedra, primeiras bombardas europeias), o Museu da Guerra Nacional da Escócia, Memorial da Guerra Nacional Escócia.

Para mais castelos nas Escócia, acesse esse link.

Calton Hill

Colina situada na região Leste da parte nova da cidade, é conhecida também como “Atenas do norte”. No topo da Claton Hill há monumentos (Acrópole inacabada, Nelson Monument, Dulgald Stewart Monument e o observatório da cidade) e a (considerada) melhor vista de Edimburgo. A subida é íngrime, para evitar a ladeira, acesse a Regente Road que tem escadas.

Gostaram?? Deixe nos comentários sua opinião sobre o post, vamos adorar saber!!
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos foram retiradas da internet!