Passeios Tips21 de maio de 2020

Desbrave Varsóvia

image_print

Oláá, viajantes!!

Muitas vezes quando falamos da Polônia pensamos em dias sombrios, cinzentos, guerras, perseguições e muito terror, o que não deixa de ser verdade, mas felizmente tudo isso ficou no passado.

Hoje, ao conhecermos este país, em especial sua capital Varsóvia vemos uma cidade alegre, colorida, cheia de pessoas simpáticas e felizes, prontos para ajudar os muitos turistas ávidos em conhecer sua rica história, datada desde os tempos medievais.

O passado deixou sua marca na cidade de Varsóvia, mesmo tendo sido totalmente destruída na II Guerra Mundial foi reconstruída tijolo por tijolo de forma exemplar. E mesmo tendo passado por tempo sombrios com a ocupação Soviética, soube reaproveitar toda a riqueza arquitetônica da época.

Separamos algumas lugares meticulosamente reconstruído e recomendamos muito a visita!!

Praça do Castelo (Plac Zamkowy)

É uma das praças históricas, foi palco de muito movimentos e manifestações polonesas, por esta em frente ao Castelo Real (antiga residência dos monarcas). É na praça que se inicia a chamada “Rota Real”.

Coluna de Sigismundo (Zygmunt)

Construída em 1644 em plena Praça do Castelo, é dos pontos turísticos mais antigos do Norte da Europa. A coluna e a estátua homenageiam o Rei Zygmunt, o responsável em transferir a capital de Cracóvia para Varsóvia.

Castelo Real (Zamek Królewski)

Antigo Palácio Real (datado do século XIV), foi sede do SEJM (Câmara dos Deputados Polonês) e do Senado após a saída dos reis da Polônia do castelo. Fincada na Praça do Castelo, na entrada da Cidade velha, é o símbolo da soberania e a historia polaca. Atualmente é, além de monumento histórico nacional polonês é sede do Museu Nacional.

Mercado da Cidade Velha (Rynek Starego Miasta)

Antes era o “coração” de Varsóvia, perdeu o posto para a Praça do Castelo (no século XVIII), mas continua sendo o “miolo“ da cidade velha. Teve seus primeiros traços desenhados no século XIII junto com a criação de Varsóvia.

Foi totalmente destruído durante a Revolta de Varsóvia pelos alemãs e integralmente reerguido após a II Guerra Mundial. Nos dias atuais há muitos bons restaurantes, mercados e prédios históricos. Desde 1980 integra a lista de “Patrimônio Mundial” pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Estátua de Chopin

O aclamado pianista Frédéric François Chopin – Chopin tem sua devida homenagem no Parque Royal Baths (Parque Lazienli), na capital polonesa, Varsóvia. É um grande estátua em bronze projetada em 1907 por Waclaw Szymanowski para ser entregue a sociedade em 1810, ano do centenário do pianista polonês. Porém teve sua finalização interrompida em decorrência da I Guerra Mundial, sendo de fato, inaugurada em 1926.

Palácio da Cultura e da Ciência

Realmente um belíssimo palácio vertical, são 42 andares de pura riqueza e detalhes arquitetônicos. Construído em 1955 abriga muito as características a marcas da ocupação soviética. Apesar de chamar atenção de longe e de perto, os polonês não se agradam muito com o palácio, é uma memória viva, nítida e clara dos tempos sombrios a ocupação da União Soviética. Do 30º andar há uma terraço com vista panorâmica sem igual da cidade.

Gostaram?? Deixe nos comentários sua opinião sobre o post, vamos adorar saber!!
E não esqueça de “amar” o post ?
P.s.: As fotos são “Arquivo Pessoal”.