Check-in Tips19 de janeiro de 2016

Cidade da trufa branca, do chocolate e do vinho

image_print

Oi pessoas!!!

Quem aprecia a boa gastronomia conhece as raríssimas e por isso, caras trufas brancas. E para os chocólatras a famosíssima Nutella é a oitava maravilha do mundo. E para os enólogos a uva Nebbiolo é dos Deuses. Tá, e o que elas têm em comum além de serem apreciadas na gastronomia?! Nascidas e criadas na cidade de Alba!!!

Alba é conhecida como capital da trufa branca, e é nesta região de Piemonte que as raras trufas brancas são caçadas e expostas todo ano no mês de outubro na Feira da Trufa (Alba Truffle Show), que atrai milhares de apreciadores do mundo todo em volta desta iguaria.

E a Nutella? Bem é em Alba que temos a Fantástica Fábrica da Nutella e do delicioso Ferreo Rocher, Kinder Ovo e Tic Tac. Pode se dizer que também é a capital do (bom) chocolate!!!

Para quem aprecia um bom vinho, conhece as uvas Nebbiolo, pai dos nobres Barolo e Babaresco, produzidas em Alba e vendidas em todo o mundo.

Vamos resumir: Alba é a capital da excelente gastronomia!!!

Alba é uma cidade da região Piemonte e província de Cuneo, em 172 metros acima do nível do mar, um belo cenário natural do Langhe banhado pelo Rio Tanaro e vizinha das charmosas cidades de Treiso, Guarene e Barbaresco.

Siters_in_travel-Tips-Check_in-Alba

Centro da gastronomia mundial, esta charmosa cidade da Itália tem história, tradição, cultura, charme e claro, um paladar muito apurado.

Apelidada pelo Cônsul Pompeu Estrabão como “Alba Pompéia” nos idos ano 89 A.C. por suas origens pré-romanos e vastos vestígios arqueológicos que podem ser visitados, na companhia de um arqueólogo.

Sisters_in_travel-Tips-Check_in-Alba (18)

Alba também foi conhecida como cidade das “cem torres” que marcou época no século XII, quando os nobres construíam torres em suas residências para “provar” que eram ricos. Quanto maior a torre, maior a riqueza do morador.

No século XIX com chegada de Napoleão e ainda República Jacobina, Alba começou a ser sede de empresas e mercados. Tempos áureos!!

A Segunda Guerra Mundial é marcada como a época de resistência. Enquanto que em 1994, Alba padeceu com uma trágica inundação que danificou grande parte da cidade.

Cada tempo teve seu representante. Pessoas ilustres que fizeram Alba uma cidade pequena, porém com grande valor no mundo. Desde imperadores como Publis Pertinax e empresários de renome internacional como Pietro Ferrero, neste caso, toda a família tem sua historia vinculada a cidade.

Hoje Alba é uma cidade alegre, respirando o que há de melhor. Seus habitantes são solícitos e amáveis, sempre com um sorriso no rosto.

Percebemos que em Alba, comer bem é de praxe. Não conseguimos achar nenhum estabelecimento onde a comida não fosse agradável. E o melhor, come-se bem pagando pouco!!

Andar pelas pequenas ruas de Alba e não sentir o cheiro inconfundível das trufas ou do chocolate é quase impossível!!!

Alba conta com uma população na faixa de 31 mil habitantes. E 13.948 famílias tradicionais da região. Os estrangeiros são de várias partes do mundo, Romênia, Marrocos, Albânia China e são mais de três mil na estatística.

Possuindo vários atrativos voltados a gastronomia é certa que a economia principal de Alba é agrícola, seguido de indústria internacional confeiteira (Ferrero SpA) e têxtil (Grupo Miroglio).

Para administrar uma cidade com tamanha importância econômica, Alba é governada por dois órgãos: O Conselho da Cidade e o quadro político composto pelo Prefeito e Vereadores, igual ao do Brasil.

Sisters_in_travel-Tips-Check_in-Alba (14)

A palavra Alba é formada pela inicial de quatro “símbolos” evangelistas de alto valor histórico para a cidade: Anjo, Leão, Boi e Águia = ALBA. Estes símbolos estão presentes em vários lugares de destaque em Alba, sendo possível vê na fachada da Catedral São Lorenzo (Padroeiro de Alba), no teto de madeira da Câmara do Conselho Municipal, na Piazza Savona e na bandeira da cidade.

sisters_in_travel-bandeira-alba

Além desses lugares, Alba possui outros pontos que vale uma visita:

História

Casa Fenoglio

Centro de Estudos de Literatura, História, Arte e Cultura “Beppe Fenoglio”

Museu Arqueológico de Ciências Naturais Federico Eusébio

Museu da Catedral

Pinot Gallizio – “A antecâmara da morte”

Alba subterrânea

Castelo Grinzane

Igrejas

Catedral de San Lorenzo

Igreja da Madalena

Cristo Re

Maestro Divino

Natividade de Maria Ss.ma

San Cassiano

San Domenico

St. John the Baptist

St. Joseph

Santa Caterina

Santa Margherita

Santuário de Nossa Senhora da Moretta

SS Cosma e Damiano

Templo de St. Paolo

Bem Estar e Compras

Maison Arabe – Hammam Spa

Sari Club – Centro Benessere

Mondovicino Outlet Village

“Ecoturismo”

A Rambling on Wine Langa (152 km (94.45 miles)) – Mototurismo.

Associação Colline di Bacco – Cicloturismo

Amateur Sports Association e cultural Fulludic.com – Trekking

Associação Trekking em Langa

Cooperativa de Serviço de Turístico

Gastronomia

Feira Internacional da Trufa Branca de Alba – não é um ponto turístico em si, por só ocorrer no mês de Outubro, mas vale muito organizar a viagem nessa época do ano.

Telefones úteis:

Prefixo: 0173

Central: 0173 292111

Polícia Municipal: 0173 33664

Não deixe de “amar” e comentar!! 😉

P.s.: As fotos são do “Arquivo Pessoal” e da internet!!