Passeios Tips15 de outubro de 2020

Castelos no Brasil

image_print

Olá, viajantes!!

Nós brasileiros temos o costume de visitar os castelos europeus, ficamos encantados com a beleza, imponência, história, não é mesmo?

Sabiam que aqui no Brasil temos lindos castelos? De Norte a Sul, com estilo e diferentes. Há castelos da época da colonização, império e até mesmo de proprietários que fizeram seu “próprio” castelo.

Vamos conhecer alguns castelos no solo brasileiro?

Castelo Zé dos Montes (Sítio Novo, RN)

É o cartão postal do município potiguar de Sítio Novo, o nome vem do idealizador e construtor da propriedade, Jose Antônio Barreto, conhecido como Zé dos Montes (ou Zé do Castelo).

É uma construção de pedra e cal, com a Serra da Tapuia ao fundo. O proprietário, Zé do Castelo afirma ter recebido instruções de Nossa Senhora para erguer o prédio, que tem em seu interior um altar para a santa, além de imagens de outros santos. Dentro do castelo tem um “labirinto” de terra representando a Via Crucis.

Um detalhe: não existe mobília, e sim escadas e alguns altares dedicados à Nossa Senhora. Também não há energia elétrica, nem água encanada, tudo é muito simples e rústico.

Castelo São João (Recife, PE)

Na capital de Pernambuco há um castelo em estilo gótico, erguido dentro de uma reserva de mais de 70 mil metros quadrados de Mata Atlântica, no bairro da Várzea.

O Castelo São José é integrante do Instituto Ricardo Brennand, o proprietário era colecionador de armas brancas. São mais de 3 mil espadas, adagas, canivetes, além de armaduras de diversas partes do mundo.

O castelo, que é museu, exibe impressionante tapeçaria dos anos da ocupação holandesa no nordeste, além de obras da coleção privada do pintor holandês Frans Post.

Castelo do Batel (Curitiba, PR)

Inspirado nos castelos franceses da região do rio Loire, o Batel é um palacete urbano que marca a arquitetura de um dos bairros mais nobres de Curitiba. Construído nos anos 40 pelo cafeicultor e cônsul honorário da Holanda Luís Guimarães. Foi residência oficial do governador do Paraná, hoje, é um centro de eventos, que costuma receber festas de casamento luxuosas.

Castelo da Ilha Fiscal (Rio de Janeiro, RJ)

O castelo (localizado em plena Baía de Guanabara) foi sede do último baile do império. São mais de sete mil metros quadrados, idealizado por D. Pedro II, em estilo neogótico, foi inspirado nos castelos da região francesa de Provença. Há um relógio de quatro faces no torreão, piso em mosaico e a Ala Cerimonial são imperdíveis. No século XIX, o castelo era usado para atividades alfandegárias, atualmente, abriga o Espaço Cultural da Marinha e o Museu Naval.

Castelo Garcia D’Ávila (Mata de São João, BA)

É na paradisíaca Praia do Forte que encontramos um tradicional castelo que de fato cumpriu a sua função: residência fortificada de um nobre. Erguido em 1551, em estilo manuelino, pedra e cal, por Garcia D’Ávila, filho do primeiro governador geral do Brasil, Tomé de Souza. A propriedade alcançava um território imenso, que ia até o Maranhão e compreendia cerca de um décimo do território brasileiro à época. Quem visita o castelo tem a oportunidade de visualizar objetos encontrados em escavações arqueológicas nas redondezas.

Castelo de Itaipava (Petrópolis, RJ)

Foi o Barão Rodolfo Smith de Vasconcelos que idealizou esse castelo, em 1920 com traços neorenascentista, vitrais austríacos, portas e janelas em madeira de jacarandá e muito mármore italiano Carrara em seu interior. Hoje é um hotel, restaurante e centro de eventos.

Gostaram? 
Deixe comentários, vamos adorar saber.
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos são “Divulgação”