Hotéis The Travel24 de setembro de 2020

Tipos de hospedagem

image_print

Olá, viajantes!!

Algumas dúvidas comuns dos viajantes na hora de escolher onde ficar durante a sua viagem é mis comum do que pode parecer.

Não faltam opções de hospedagem em quase todos os destinos e isso as vezes dificulta na escolha. Qual tipo de hospedagem escolher? Qual a melhor opção? Qual o melhor custo?

Na nossa Assessoria e Roteiro de viagem personalizado, sempre levamos em conta o perfil do cliente, o destino escolhido, o orçamento disponível para selecionar a melhor opção.

É importante desmitificar que só os hotéis são mais bem localizados, hoje é possível encontrar alojamento muito bem localizados, demanda tempo, mas é possível.

E quais são esses tipos de hospedagem? Segue a leitura e conheça

Hotel

O tipo de hospedagem mais conhecida, oferece uma gama serviços para os hóspedes: academia, spa, piscina, salão de beleza, salão para múltiplos eventos, café da manhã, restaurante e outros serviços com boa qualidade.

Os hotéis se subdividem em:

De Luxe
Luxo Superior (5*)
Luxo (5*)
Luxo Moderado (4*)

First Class
Primeira superior (4*)
Primeira (3*)
Primeira com serviços limitados (3*)
Primeira moderada (2*)

Turístico
Turística superior (2*)
Turística (2*)
Turística moderada (1*)

Cada categoria oferta uma quantidade e qualidade de serviço, o que reflete diretamente na diária.

Há ainda hotéis voltadas para um segmento específico, são eles; hotel-fazenda, hotel-spa, hotel boutique, hotel sustentável, hotéis de negócios e hotel histórico.

Muitos estabelecimento se denominam como “Hotel” para ser bem visto pelo turistas. Tenha cuidado!

Resort

Quando pensamos em férias e destinos praianos logo pensamos em hospedagem nos resorts, na beira da praia, serviço de qualidade mais de uma piscina a disposição, muito restaurantes, spa, academia, infinitas opções de lazer e entretenimento, enfim, um paraíso em forma de alojamento.

A maioria oferece serviço “All Inclusive”, ou seja, todas as refeições estão inclusas no valor da diária. 

Pousada

Podemos definir uma pousada como um “mini-hotel”, ofertando apenas os serviços básicos de hotelaria as vezes a qualidade não é comprometida.

Por não ter toda a estrutura de um hotel (para ter noção, as pousadas não ultrapassam 03 andares de estrutura física), o custo de hospedagem em uma pousada é reduzido, sendo acessível para viagens econômicas.

Há muitas pousadas charmosas e agradáveis no Brasil, principalmente nos interiores propiciando um ambiente mais leve e aconchegante para a viagem.

Bed and Breakfast (B&B)

Em português “Cama & Café da manhã” e por essa nomenclatura já entendemos a logística desse tipo de hospedagem. O ambiente é bem mais intimista que uma pousada, muitas vezes os proprietário e sua família trabalham no B&B que possui custo mais baixo que as opções já apresentadas.

Hostel/Albergue

Aqui temos dois tipos de hospedagem bem similares. A equivalência é por serem estabelecimentos onde os todos os cômodos do alojamento são compartilhados entre pessoas até então desconhecidas.

A procura por esses tipos de estabelecimentos é muito comum entre os viajantes mochileiros solitários ou acompanhados devido o baixíssimo custo na hospedagem.

O que difere um do outro de fato é a possibilidade de alojamento privativo no hostel e no albergue o alojamento sempre é compartilhado.

Pensão

Pensão é mais voltada para moradores da região (as pessoas que saem do interior e vão para a capital), há possibilidade de quarto compartilhado ou não.

Apartamentos e apart-hotel

A escolha preferida de viajantes que desejam se sentir em casa com os serviços de hotel a disposição.

As acomodações oferecem uma pequena cozinha, muitas vezes equipadas com itens básicos de cozinha. Mas há restaurante servindo as principais refeições (café da manhã, almoço e jantar) para quem não deseja cozinhar.

Aluguel de temporada

São imóveis comerciais ou residenciais, oferecidos como estadia, principalmente para quem vai passar mais tempo no local, onde ficar em outros tipos de hospedagem eleva o custo da viagem.

O site Airbnb é o mais conhecido para realizar as reservas, mas há outros sites que ofertam o mesmo serviço.

Guest House

Pode parecer com o aluguel de temporada, com o diferença que o proprietário fica na casa, é como se fosse “anfitrião -hóspede”. Nesse caso, apenas o quarto é alugado para o turista.

Não há nenhum tipo de serviço incluso no aluguel do quarto, todas as refeições e necessidade do hóspede deve ser resolvida de forma autônoma.

Quem já fez intercambio entende bem como funciona.

Há estabelecimentos que incluem “Guest House” no nome da hospedagem para ter um nome mais “sofisticado”, mas o verdadeiro estilo de hospedagem muitas das vezes é uma pousada.

Couchsurfing

Uma modalidade menos conhecida e praticada no Brasil mas é comum na Europa e América do Norte.

Couchsurfing é um tipos de hospedagem gratuita onde pessoas estão disposta a ofertar o sofá (sim, o sofá!!!) da casa para o turista dormir.

Alguns países exigem comprovação de idoneidade do hóspede, documentação completa, dinheiro vivo e cartão de crédito. Fique atento para as avaliações dos anfitriões no site homônimo ao estilo de hospedagem.

 Motel

No Brasil os motéis ganharam outro sentido, mas fora das terras brasileiras os motéis são comuns em estradas, sendo utilizadas para estadias curtas (de 01 noite) de viajantes que fazem “road trips”.

Gostaram? 
Deixe comentários, vamos adorar saber.
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos são “Divulgação”!!