Tudo são flores no Hemisfério Norte – Saiba tudo sobre o Keukenhof

Indiscutivelmente o Keukenhof é o jardim mais conhecido do mundo, localizado em Lisse (sul da capital Amsterdam), na Holanda, o jardim de tulipas mais colorido e encantador abre suas portas durante a primavera do hemisfério Norte, em 2021 funcionará entre os dias 20 de Março a 09 de Maio.

Toda a beleza do parque começou em 1949 quando o então prefeito a cidade de Lisse decidiu abrir um espaço destinado a exposição de flores, oferecendo aos floricultores de toda Holanda e Europa a exposição de seus trabalhos botânicos. Auxiliando na exportação de flores mundo a fora. 

A ideia deu mais que certo, hoje são mais de 07 milhões de bulbos prontos para florescer na primavera, mais e 800 tipos de tulipas dispersos em 32 hectares esperando toda a família!!

Todos os anos o Parque Keukenhof abre com uma temática, em 2019 foi a temática “Flower Power”, mostrando o quanto as flores inspiram, conectando pessoas de todo o mundo para o mesmo fim, apreciar e se encantar com as tulipas, seus cheiros e cores. O “Flower Power” tem uma “pegada” anos 70 com estilo boho e hippe, emanando muita paz, amor e música. Ainda não sabemos o que esperar de 2012,

As atrações vão além das incríveis tulipas, há a exposição “Tulip Mania” no Pavilhão Juliana, Caça ao tesouro, uma mimosa fazenda, Labirinto e Parque Infantil. Na exposição “Tulip Mania” é possível conhecer mais sobre as tulipas, suas formas de cultivo. A presença de especialistas em tulipas e jardinagem ajudam os aspirantes a cultivarem suas flores da melhor maneira possível, tornando seu jardim particular digno de um Keukenhof privado.

Durante todo os tempo em que os portões estão abetos a visitação há muitos eventos, neste ano tivemos o “Melloy Amarelo” e “Keukenhof King’s Day”, a programação ainda conta com a “Mostra de Ave de Rapina”, “Romance no Keukenhof” e o “Festival de Woodstock” para finalizar o ano de 2019.

Se as exposições e eventos não são o seu forte de passeio pelo Keukenhof, mas ainda sim deseja explorá-lo da melhor forma, saiba que há passeios guiados pelo parque. Os guias profissionais vão apresentar os destaques do parque, contar toda a historia do Keukenhof, técnicas de plantação, os jardins e seus melhores ângulos, o moinho, os shows internos das flores, tudo isso em 01 hora de passeio com custo de €150,00 (cento e cinquenta euros) com opção no idioma holandês, inglês, alemão ou francês, podendo ter espanhol, italiano, russo e sueco (infelizmente português não esta disponível).

Outra opção para explorar o parque é o passeio de barco elétrico, com duração de 45 minutos, o turista aprecia por outro ângulos os campos floridos. O custo? Adultos (incluindo idoso) €8,00 (oito euros); crianças de 04 a 11 anos €4,00 (quatro euros); e crianças até 03 anos de idade não pagam.

Bem sabemos que a Holanda é o pais das bicicletas e nada como conhecer o parque sobre duas rodas, o Keukenhof disponibiliza aluguel de bike e estacionamento para quem já vem com a sua de casa. O aluguel da bicicleta no interior do parque custa €15,00 (quinze euros) e inclui rotas de 05 a 40.

Para os mais ousados, corajoso e dispostos a pagar um pouco mais para ter uma experiência diferenciada, há o passeio de voo panorâmico sobre os campos de tulipas. A bordo do avião Royal DC-3 Dakota decolando do KLM Jet center Amsterdam Aeroporto Schiphol Oriente, aos sábados e domingos. Mais informações de agendamento e custo no site dutchdakota.nl.

Está tudo muito bonito e lindo, quero ir, mas onde fica o parque e como chego lá, sisters? Se você for de carro, pegue a autoestradas A4 (saída Nieuw-Vennep) e A44 (saída 3, Lisse). Se for via transporte publico verifique a localização da sua hospedagem para a estação de metro mais próxima. O Keukenhof disponibiliza o chamado “Combiticke”, é o bilhete Keukenhof mais o bilhete para transporte público para o dia da visita. O ônibus finaliza o percurso perto da entrada principal de Keukenhof.

Dica das Sisters: É menos movimentado antes das 10h30 e depois das 16h. O sol da manhã e da tarde são os melhore momentos para as melhores fotos. Movimento reduzido as segundas, terças e quartas.

Ingressos: adulto €17,00; crianças de 04 a 17 anos €8,00; crianças até três anos não pagam.

Wi-fi grátis disponível.

Há armários para guardar mochilas e afins

Cães são bem-vindos ao parque 

Cadeirantes tem livre e fácil acesso ao parque.

Gostaram? Deixe comentários, vamos adorar saber.
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos são “Divulgação”!!




Sugestões de destinos para as viagens de final de ano

Oi, gente!

Festas de fim de ano chegando e quem deseja viajar sempre tem a vontade com a pergunta: “Para onde ir?” Nosso país apresenta excelentes opções de destino.

Pensando nisso, nós, as Sisters in Travel, fizemos uma seleção de destinos para programar o fim de ano e/ou início de 2021, sempre respeitando e tendo toda a segurança necessária para o momento que estamos passando. 

Gramado (Rio Grande do Sul)

Gramado, a “cidade luz” do Brasil, com intensas programações (Natal Luz) nessa época do ano. Um encanto de destino para todas as idades.

Há uma beleza natural (as hortênsias dão o toque na cidade) sem igual na cidade, pontos turísticos interessantes, gastronomia sofisticada, boas seleções de hospedagem. Nos último meses do ano e início do ano seguinte a decoração da cidade muda, tudo no clima de Natal.

Algumas atrações de Gramado são: Lago Negro, Mini Mundo, Aldeia do Papai Noel, Snowland, Mundo Encantado de Gramado, Zoológico de Gramado, Cascata Véu da Noiva, Lago Joaquina Bier, Mundo de Chocolate Lugano.

A cidade está localizada a 104 km de Porto Alegre, de carro, a viagem dura cerca de 2h.

Praia de Pipa (Rio Grande do Norte)

É na cidade de Tibau do Sul que encontramos a praia mais badalada e estruturada do Rio Grande do Norte. 

Os atrativos são: belas dunas, falésias e as águas verdes cristalinas. Muitos surfistas escolhem a Praia de Pipa para enfrentar o mar agitado e com muitas ondas. 

A praia está localizada a 85 km de Natal, 30 minutos de carro e se chega no paraíso.

Alto Paraíso (Goiás)

Quem deseja manter contato ocm a natureza, porém com calmaria e um maior imersão com a natureza, a cidade Alto Paraíso, no estado de Goiás é uma excelente escolha.

Alto Paraíso é porta de entrada para a Chapada dos Veadeiros e guarda lindas cachoeiras, lagos, lagoas, trilhas e mirantes de tirar o fôlego até mesmo para os turistas mais aventureiros.

Dentre as atrações, selecionamos: Vale da Lua, Catarata dos Couros, Cachoeira Loquinhas, Cachoeira Almécegas I, Poço Encantado, Cachoeira dos Anjos e Arcanjos, Santuário Ecológico Vale Dourado, Mirante da Janela e Gota Sat Som.

A viagem da capital Goiânia dura em média 06h (427km), mas tudo compensa quando há o contato com a natureza.

Amsterdam (Holanda)

Pode não parecer, mas Amsterdam mantes muito forte a tradição do Santa Claus (em holandês Sinterklass). Por isso a cidade se enfeita como se fosse a casa do Papai Noel.

Passear pelas ruas da cidade é se encantar com as luzes e as ornamentadas decorações natalinas, mercados de Natal e pistas de patinação no gelo, tudo com o toque especial de neve (não é tão frequente mas acontece), afinal é época do inverno europeu.

Rijksmuseum

Praga (República Tcheca)

Uma das cidades mais belas de toda Europa, Praga, capital da República Tcheca se prepara para as festas de final de ano com vigor. 

Na Old Town Square além do mercado de Natal, está a gigante Árvore de Natal!! 

O frio e a neve são mais constantes em Praga, deixando tudo mais encantador durante o passeio. Uma dica é passear pela parte histórica da cidade e descobrir muitas feiras natal espalhadas pela cidade.

Berlim (Alemanha)

Quem for a Berlim no final do ano vai perder a conta de quantas feiras de Natal há na cidade, são mais de 60 (sessenta), todas apresentando a gastronomia local, enfeites típicos da Alemanha, enfeites natalinos e outros itens para vestir ou decorar a casa.

O item gastronômico sai do que estamos acostumados aqui no Brasil, é servido vinho quente com cravo e canela, salsichas, amêndoas e pães de gengibre para celebrar o Natal.

A decoração da cidade é tão bela que fica difícil indicar apenas um lugar para ir,  cidade toda é um conto de fadas.

Gostaram? Deixe comentários, vamos adorar saber.
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos são “Divulgação”!!




Check in de Londres

Vacina

Não são exigidas vacinas para entrar no Reino Unido, mas é sempre bom ter o cartão de vacinação internacional, especialmente contra a febre amarela.

Money money money, money!!!

A moeda oficial em Londres é a libra esterlina (GBP, £), em inglês, pound sterling. Cada libra está dividida em 100 pence. 

As notas mais comuns têm um valor entre 5, 10, 20, 50 e 100 libras esterlinas. Também é possível encontrar notas de £1, mas são muito raras, além de serem impressas apenas na Escócia.

As moedas em circulação são de 1, 2, 5, 10, 20 e 50 pence e de 1 e 2 libras. De vez em quando também lançam edições especiais de moedas de £5, mas sua circulação é meramente teórica.

Câmbio de divisas

Em Londres, é possível trocar o dinheiro em casas de câmbio, agências bancárias e de turismo. Sempre esteja atento não só à cotação do dia, mas também às taxas cobradas.

Cartões de Crédito

É possível pagar com o cartão de crédito tanto as passagens de metrô, como qualquer compra em um mercado mais remoto.

Tempo

As estações são visivelmente bem definidas, porém “sentidas” (leia-se temperatura) quase iguais.

O inverno (Dezembro a Fevereiro) não tem muita neve, mas tem céu cinzento, ventos e um frio forte. As temperaturas oscilam entre 02ºc a 08ºc.

Na primavera (Março a Maio) os dias são mais longos, começando a escurecer depois das 19h30. Por ser uma época de transição climática, as temperaturas variam bastante, fazendo muito frio, mesmo com a temperatura chegando a 15ºc, e creia, as vezes neva na primavera!! Por isso fique bem atento quando for nesse período, e leve seu guarda chuva. A mínima registrada foi de 03ºc.

verão (Junho a Setembro) é ameno, raríssimos são os dias de calor extremo (acima de 30ºc) e quando acontece é triste, a cidade não é preparada para o calor extremo e poucos locais têm ar condicionado, e o transporte público fica desagradável. Temperaturas são de 11ºc a 25ºc.

Início do outono (Outubro a Dezembro) os primeiros traços que o inverno está chegando, temperaturas caem consideravelmente (04ºc a 19ºc), o dia termina mais cedo e o frio fica mais intenso em Novembro.

Gorjeta

Alguns restaurantes cobram 12,5% de taxa de serviço na conta. Se a gorjeta não estiver incluída e você quiser deixar algum valor, muitas vezes é possível acrescentar o serviço na hora de passar o cartão.

Água mineral!!!

A chamada “tap water” (água da torneira) é potável, e melhor de tudo, de graça.

Fumantes

Desde 2007 há uma lei inglesa proibindo o fumo em todos os locais fechados da Inglaterra, incluindo bares e restaurantes.

Internet

A maioria dos restaurantes, cafés bares e hotéis possuem o serviço de wi-fi, dependendo do estabelecimento a senha do wi-fi só é fornecida mediante o consumo no local. Fique atento!

Tomada, voltagem e afins

Tomada de 03 pinos retangulares e voltagem da Inglaterra é de 240V, aparelhos BIVOLT funcionam normalmente.

Acesso a Londres

Aeroporto: o principal aeroporto de chegada em Londres é Aeroporto de Londres Heathrow (LHR). Há ainda mais 05 aeroportos, são eles: Aeroporto de Londres Gatwick (LGW), Aeroporto Stansted (STN), Aeroporto Luton Londres (LTN), Aeroporto da Cidade de Londres (LCY) e o Aeroporto Southend London (SEN).

Trem: há duas companhias ferroviárias que fazem viagem diariamente de/para Londres de diversas cidades europeias, a Trens Eurostar e a Eurolines.

Locomoção

Inúmeras possibilidade para circular por Londres, a “London River Services”, o metrô, táxis de Londres, rotas de ônibus de Londres, Thames Clippers, Santander Cycles (apelidadas de bicicletas Boris) e muito mais.

Todas são ótimas opções para conhecer melhor Londres, destacamos aqui o metrô e o ônibus.

Metrô

Primeiro temos que entender que Londres está dividida em 09 zonas radiais, onde o ponto de partida é o centro histórico. A maioria das pontos turísticos se encontram nas zonas 01 e 02. O aeroporto de Heathrow está na zona 06.

Fique atento!! Na hora de comprar uma passagem de metrô é necessário saber em que zona está a parada de origem e a de destino.

Tarifas

Os seguintes bilhetes são válidos em todas as zonas indicadas. Por exemplo, o de Zonas 01-03 permite pegar o metrô na zona 03 e sair na 01. 

Ônibus

Os icônicos ônibus vermelho de dois andares de Londres além de serem ua atração a parte, são uma maneira conveniente e barata (tarifa de ônibus é de £ 1,50) de viajar pela cidade, com muitas oportunidades de passeios turísticos ao longo do caminho.

Atenção: os ônibus de Londres não usam dinheiro, então você precisa de um cartão Oyster, Travelcard ou pagamento sem contato.

Números úteis

Prefixo internacional: + 020
Emergência: 999
Emergência (celular): 112




Sete lugares no Arquipélago da Madeira

Portugal é um país incrível, mas vai muito além da costa, aliás Portugal tem lindas ilhas pouco explorada pelos turistas, em especial os brasileiros. Vamos conhecer hoje um paraíso chamado Arquipélago da Madeira.

O Arquipélago da Madeira está situado no oceano Atlântico, mais próximo a costa africana que a própria costa portuguesa. É composto por um total de sete ilhas e dois ilhéus. A Ilha da Madeira e de Porto Santo são as únicas permanentemente habitadas.

Pela sua formação oriunda de um vulcão, o Arquipélago da Madeira proporciona cenários naturais, com florestas, montanhas, vales, penhascos e muitas praias (afinal estamos falando de uma ilha) que em todo o ano está apta para banho e com um clima tropical constante.

O site oficial do arquipélago (descubraamadeira) listou, e aqui reproduzimos os sete lugares deslumbrantes do arquipélago para você não perder nenhum desses panoramas fantásticos em uma viagem pelo destino português.

Piscinas naturais

Há diversas piscinas naturais na Ilha da Madeira, formadas por rochas, onde o mar entra naturalmente e a água se mantém calma, sem ondas. Além do maravilhoso cenário, é também uma oportunidade para curtir dias de sol e tranquilidade.

Fajã dos Padres

Fajã é uma pequena extensão de terra à beira-mar e junto de uma rocha ou penhasco. Esta é um pequeno oásis, acessível apenas por mar ou teleférico, com uma praia de cascalho e águas transparentes com vida marinha intensa, sendo um spot perfeito para snorkeling ou mergulho. Para quem quer conhecer a fajã a fundo, as antigas edificações locais foram reabilitadas e recebem hóspedes.

Trilha do Caldeirão Verde

Ao final de uma trilha pelo interior do vale profundo da Ribeira de São Jorge, que passa por túneis escavados na rocha, chega-se a um lago formado por uma queda d’água de cerca de 100 metros, totalmente rodeado por vegetação verde.

Pico do Arieiro

Terceiro cume mais alto da Madeira, com 1.818 metros de altitude, o Pico do Areeiro tem um visual imperdível, que dá a sensação de estar acima das nuvens. Acessível de carro, oferece uma vista de partes da ilha como o Curral das Freiras, a Ponta de São Lourenço e, em dias claros, até Porto Santo, outra ilha do arquipélago.

Cais de Ponta do Sol

Situado no sul da Madeira, Ponta do Sol é o município mais quente da Madeira, além de ser o lugar onde o sol brilha por mais horas. O cais tem um visual todo especial, pois é uma construção histórica, com um arco sobre o mar.

Parque Florestal das Queimadas

Este parque é o local perfeito para ver de perto a Floresta Laurissilva, um ecossistema riquíssimo que cobre 20% do território da ilha. Formada por árvores da família das lauráceas, esta floresta úmida subtropical é considerada um Patrimônio Mundial pela UNESCO. Além das agradáveis trilhas, lá está a casa de abrigo das Queimadas, que mantém as características originais das construções tradicionais da região.

Moinhos de Vento no Porto Santo

Erguidos há mais de 200 anos, esses moinhos de vento, que ficam em Porto Santo, a outra ilha habitada do arquipélago, são emblemáticos. Coloridos e com vista para a cidade de Vila Baleira e para o mar, são um lugar excelente para uma sessão de fotos.

Gostaram? Deixe comentários, vamos adorar saber.
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos foram retiradas da internet.




Assunção – a capital paraguaia

 Vizinho do Brasil, da Bolívia e da Argentina, o Paraguai vem conquistando turistas por diversos motivos. e a capital Assunção vem liderando a lista de cidade procuradas no país.

Motivos não faltam para desbrava a “mãe das cidades”, há uma história rica e belas paisagens, atmosfera tranquila e gastronomia de primeira. Acompanhe a nossa seleção de “parada obrigatória” em Assunção para quem tem pouco tempo na cidade.

Calle Palma (Rua Palma)

Principal rua do centro de Assunção, o comércio da cidade. Passear pela Calle Palma é ter a certeza de encontros com outros locais importantes da cidade.

Panteón de los Heroes (Panteão Nacional dos Heróis )

Monumento erguido em homenagem aos heróis de guerra. Inicialmente fora construído para ser um templo católico, mas hoje o edifício, além de cumprir as funções religiosas, ainda é palco para eventos protocolares e de homenagem a personagens da história e cultura paraguaia.

Plaza Uruguaya (Praça Uruguaia)

Com amplo espaço verde, é uma das mais belas praças da cidade. Ideal para descansar, comprar artesanato vendido pelos indígenas e algumas lembrancinhas.

Palacio de los López (Palácio Lopez)

Sede do governo paraguaio, construído em 1857 pelo presidente da época, Francisco Solano López. É um belo prédio em estilo neoclássico e neorrenascentista em forma de “U”.

Museu del Cabildo (Centro Cultural da República El Cabildo)

Construído em 1578 o Cabildo era o órgão administrativo e judiciário da cidade de Assunção. Hoje é sede para o Museu del Cabildo, abrigando a história do país, relíquias de guerra, e muitas obras de arte.

Costanera

Recebe esse nome por ficar na costa do Rio Paraguai. A avenida foi construída pensando na integração dos habitantes da cidade, com estrutura para receber muitas atividades ao ar livre e há muito verde.

É o local ideal para apreciar o pôr-do-sol e sentir a calmaria em meio a uma cidade grande e agitada.

Loma San Jerónimo

Loma San Jerónimo é um bairro que tinha tudo para ser esquecido e marginalizado. De forma brilhante conseguiram tornar Loman em um atrativo turístico em Assunção.

Há muitos restaurantes típicos, cafeterias caseiras, artesanato, ruas coloridas e divertidas, e uma mirante único com vista para o Rio Paraguai.

Gostaram? Deixe comentários, vamos adorar saber.
E não esqueça de “amar” o post 😉
P.s.: As fotos foram retiradas da internet.