Check-in Tips12 de setembro de 2017

Destinos Exóticos

image_print

Olááá, genteee!!!!

Com as facilidades do mundo moderno e a vontade de “sair da mesmice”, cada vez mais, turistas vão à procura de destinos únicos, atrativos, de beleza singular, incomparáveis, primitivos e exóticos!! Quais são esses destinos? Em qual parte do Globo podemos encontrá-los? Bem, em qualquer parte do mundo, podemos encontrar esse destino exótico. Da Itália, no velho continente a Tasmânia na Oceania. A lista é bem extensa e escolhemos alguns destinos que merecem uma atenção maior.

Kodiak (Alasca)

O Alasca por si só já é um destino exótico e único, e a cidade de Kodiak se destaca. Sua localização remota e de ares selvagens e beleza natural típica “assusta” de tão linda e nata. O “Kodiak National Wildlife Refuge” (Refúgio Nacional de Vida Selvagem Kodiak) é uma área de preservação de várias espécies, dentre ela o salmão. Lindos lagos, montanhas, florestas, geleiras e a companhia da vida animal local tornam a cidade de Kodiak extraordinária.

Fiordes da Noruega (Noruega)

Ah o Fiorde Norueguês seduz a todos, não interessa se a contemplação é por terra, água ou aérea, os fiordes sempre deixam a plateia maravilhada. Não é para menos, essa região, no Oeste da Noruega tem sua singularidade e abundante riqueza natural, vales, geleiras, montanhas, cachoeiras, farta vida marinha. Em cada fiorde podemos encontrar de agitadas cidades A vilarejos tranquilos onde parece que o tempo não passou. Para completar dois fiordes são Patrimônio Mundial da Unesco, siiim os Fiordes de Geiranger (o fiorde mais preservado do mundo) e Nærøy estão na lista e merecem sua visita.

Sardenha (Itália)

Essa ilha parece ser um destino “batido” com lindas praias (por sinal as mais lindas praias da Europa), excelentes restaurantes e hotéis de luxo ao ponto que parece não ter nada de único e exótico, não é mesmo? Enganos meus caros!! Nem só de praia vive uma ilha no meio do mediterrâneo. Sua história, muito antiga, da época do Paleolítico Inferior ainda é perceptível nos dias atuais. O Sítio Arqueológico Nora, Sítio Arqueológico Nurago, as 7.000 torres nuraghi, os vilarejos quase que inalterados são alguns exemplos da singularidade desta ilha. As belezas naturais como a Gruta de Neptuno (foto) e Gruta di Ispinigoli somam para deixar esse destino ainda mais completo para todos os gostos.

Ulaanbaatar (Mongólia)

Capital e maior cidade da Mongólia, Ulaanbaatar ainda apresenta traços oriundos da ocupação romana em plena Ásia. Fundada em 1639, seu nome significa “herói vermelho” no idioma mongol. Atrativos para os visitantes estão espalhados por vários pontos da cidade, são diversos palácios e mosteiros que serviram a família real local e hoje são paradas obrigatória para os que desejam conhecer um pouco mais da cultura local. Museus, monumentos e uma respeitada biblioteca retratam toda a história da Mongólia.

País Laos

O Sudeste Asiático está na moda, mas mesmo assim, o exótico país Laos é pouco (infelizmente) visitado. Desbravar este belo país de natureza ímpar com florestas tropicais, tomada por regiões montanhosas com rica fauna e uma capital (Vientiane) abastada em templos religiosos e cultura deve deixar os visitantes em êxtase. Estender a viagem a antiga capital Luang Prabang é ter a certeza de encontrar uma arquitetura colonial típica do século XIX e outros encantos próprios desse país.

Tasmânia (Austrália)

A Ilha da Tasmânia (250 km (155.34 miles) do sul da Austrália) famosa por ser a casa do “Diabo da Tasmânia” descortina outros interesses para os turistas. O Parque Nacional Freycinet, Museu de Arte, Mercado Salamanca, Cachoeiras Russel, Monte Wellington, Jardim Botânico Real da Tasmânia são apenas alguns dos muitos pontos turísticos desta exótica ilha de clima temperado.

O que acharam? Muitas opções de passeios exótico? Me contem!! E não esqueçam de “amar” o post 😉

 P.s. As fotos foram retiradas da internet!