Check-in Tips7 de outubro de 2015

Check in na Itália

image_print

Oi gente!!

Andiamo in Italia? Cheio de encantos, história, magia e ótima gastronomia, assim é o país em forma de bota que com certeza tem cidades e programações que são o seu número.

Money money money, money!!!

A moeda usada em toda Itália, é o euro.

As notas são expedidas em notas de € 5, € 10, € 20, € 50, € 100, € 200 e € 500. Enquanto as moedas de euro são geradas em 1, 2, 5, 10, 20 e 50 cents, € 1 e € 2.

Euro cédulas

Euro Coins

Tempo e temperatura.

Itália possui as quatro estações bem definidas.

Na primavera (abril a junho) o clima é ameno na parte da manhã, mas a noite a temperatura cai um pouco, nada que um casaco leve não resolva.

O verão europeu é famoso, e a Itália sendo litoral em quase toda a sua extensão, opções de praia é o que não falta!! As temperaturas podem chegar (fácil) na casa do 40ºc no verão que costuma ser de julho a agosto.

Outono vem logo atrás, nos meses de setembro a novembro. As temperaturas caem assim como as garoas e chuvas finas, deixando a temperatura variando entre 10ºc a 22ºc.

Inverno é frio, com as temperaturas mais baixas das estações, oscilando entre 2ºc a 10ºc no período de dezembro a março.

Torre de Babel

Italiano é o idioma mais falado na Itália, sendo o inglês bem aceito.

Atenção!!! Os países da Europa falam seus idiomas pátrios, porém aceitam o inglês dentro das áreas turísticas (hotéis, restaurantes badalados, pontos turísticos mais importantes).

Gorjeta

Não é obrigatório na Itália, porém os restaurantes incluem 10% na conta. Demais serviços não são cobrados.

Fumantes

Só é proibido fumar em locais públicos fechados.

Olha a água mineral!!!

Quase toda água na Itália é potável. Quando não for, haverá um aviso que a água não está apta para consumo.

Internet

Na Itália compensa (e muito!!) comprar um chip local, os pacotes contam, em sua maioria com internet ilimitada, envio de SMS , ligação internacional entre outros, com preço convidativos, os chips variam entre €15 a €22 euros.

Para quem não deseja comprar o chip, alguns restaurantes, cafés bares e hotéis possuem o serviço de wi-fi.

Lembre-se!!! Em alguns estabelecimentos a senha do wi-fi só é fornecida mediante o consumo no local.

Tomada, voltagem e afins.

Na Itália o padrão da corrente elétrica é de 220volts (50Hz). E a tomada é de três pinos redondos paralelos na vertical (tipo L) e dois pinos redondos alinhados na horizontal (tipo C).

Acesso a Itália

Aéreo

Itália conta com mais de vinte aeroportos espalhados pelo país, sendo o aeroporto Leonardo da Vinci – Fiumicino (FCO) de Roma o que mais recebe vôos internacionais.

Marítimo

Quase todas as companhias marítimas aportam em várias cidades da Itália. E também é início de grandes rotas que passam pela Croácia, Eslovênia, Turquia, Israel, Grécia e muitos outros destinos do mediterrâneo e Oriente Médio.

Terrestre

Itália faz fronteira com a França, Suíça, Áustria e Eslovênia, podendo chegar de carro, ônibus e trem. Apreciando lindas paisagens pelo caminho.

Quem optar por trem, a empresa Trenitalia tem mais opções de rotas e flexibilidade de horários.

Estrutura para turismo

centros de informações turísticas espalhadas pelas grandes cidades italianas. Além dos centros de informações, os policiais (sim, eles!!) são de grande ajuda, educados e atenciosos (dentro do estilo italiano) esclarecem sua dúvida, localizam no mapa, e dão as coordenadas certas para sua informação!! Foram de grande valia na hora de achar meu hotel!!

Locomoção

Carro 

A vantagem de alugar carro é a flexibilidade de horário, além da possibilidade de chegar a lugares que linhas de trem e ônibus não chegam. São 15.000km (9.32 miles) a serem explorados!!!

As condições das estradas italianas variam, na região norte as estradas são bem sinalizadas e em boas condições já as estradas na região sul não são tão boas assim (mas continuam beeem melhores que as do Brasil!!).

O que não agrada em toda a Itália é o transito um pouco “bagunçado” e o preço alto da gasolina (benzina) nada que uma paz de espírito não resolva. 🙂

Quanto ao valor do aluguel de carro, depende: qual período do aluguel (baixa ou alta temporada), quantas pessoas vão alugar o carro, quanto tempo será o aluguel e principalmente, quanto está disposto a investir!!

Os documentos necessários para alugar um carro são: ter mais de 18 anos e Carteira de Condução Internacional.

Táxi

Perto de vários pontos turísticos, hotéis, restaurantes. Identificados com placas laranja ou barras amarelas. São veículos brancos com o sinal “Taxi” no telhado. O número de RádioTaxi varia de acordo com a região italiana.

Todos os táxis possuem o taxímetro (igual ao Brasil) que indicam o real valor da viagem que pode sofre alteração em decorrência de bagagens em excesso, período noturno (nossa bandeira dois), feriados e rotas denominadas “extra urbano” (ex. centro-aeroporto-centro).

Ônibus

É possível sim conhecer várias regiões da Itália de ônibus, no entanto não pela mesma companhia. As conexões costumam ser feitas em pequenas cidades.

Sita S.p.A, Arpa, Sais, Busweb, Saj, Marino, Sena e Autostradale S.p.A. São algumas das empresas de ônibus.

Dentro de algumas cidades, é oferecido o serviço “jardineira”. Ônibus de dois andares (o segundo andar descoberto) que passeiam pelos principais pontos turísticos da cidade (os pontos de embarque/desembarque e compra de passagem pode ser em qualquer ponto turístico incluso na rota). Há oferta de comprar o ticket com validade 24h, 12h ou menos, logo, os preços também variam.

Trem

A Trenitalia além de apresentar rotas para ingressar no país também oferece rotas por dentro da Itália.

Com estações bem equipadas, trens que proporcionam primeira e segunda classe (para trechos mais longos) e um valor justo, vale a pena o passeio!!

Para rotas de menor extensão a viagem pode se torna “demorada” e cansativa, uma vez que o trem realiza várias paradas.

Quer velocidade?? A Itália possui trens velozes, chamados Freccia Rossa, com serviço e cabines mais sofisticadas.

Ferries

Itália possui ilhas, e para atender essas regiões, são disponibilizados ferryboats que partem de Nápoles e Reggio di Calábria com destino a Sicília, Capri e Ischia. Para quem deseja conhecer Sardenha, há três portos de embarque: Civitavecchia (Roma), Livorno e Gênova.

São muitas empresas que oferecem esse serviço, tudo depende da ilha a ser explorada. Algumas são: Grimaldi Lines, Toremar, Lauro Linee, Mar Med, Consorzio Turistico Marittimo 5 Terre e Navigazione Libera del Golfo.

Dica das Sisters: Vai no verão?! Se antecipe na compra das passagens para os ferries, há limites de passageiros e as filas costumam ser longas. Não corra o risco de atrasar sua programação!!!

Animais de estimação

Seu bichinho de estimação em bem-vindo na Itália!!! No entanto há alguns requisitos, são eles:

-Certificado de origem e de saúde do animal, emitido pela autoridade de saúde pública estrangeira que deve ser reconhecida pela Itália.

-Certificado que o animal é saudável e principalmente se é vacinado contra a raiva (três meses antes da data de entrada em Itália).

-Proibido levar em cães e gatos com idade inferior a três meses.

Números úteis na Itália

Prefixo internacional: 0039

Polícia: 113

Bombeiro: 115

Ambulância: 118

Gostaram das dicas? Deixem comentários!!

Não esqueçam de “amar” o post!

P.s.: As fotos foram retiradas da internet!! 😉